//
Você está lendo...
História da América, Incas

El Inca Garcilaso de la Vega

Seguindo uma linha já estabelecida em posts anteriores, este tem a intenção de divulgar mais fontes primárias sobre a história da América. Aqui, especificamente, falarei a respeito do Inca Garcilaso de la Vega e de suas duas obras maiores (se assim podemos dizer): Comentarios Reales de los Incas e sua continuação Historia General del Perú.

Um dos recursos administrativos do blog no wordpress me permite visualizar quais são os termos mais utilizados em sites de busca para acessar este site. Através deste recurso, percebi que a maioria das pessoas que acessa o meu blog está em busca de informações sobre os Incas, sobre suas origens, sua derrota, sua religião e cultura, etc. O Inca Garcilaso nos deixou em suas obras uma imensa quantidade de informações sobre os Incas, sendo ele mesmo filho de uma princesa Inca. Possivelmente, estas obras são as que mais foram usadas pelos historiadores como fonte para o conhecimento da civilização incaica. Assim, ao publicar sobre o Inca Garcilaso e disponilizar links para as suas obras, espero estar prestando algum serviço a todos estes leitores que tem interesse nesse tema.

English: Image of Inca Garcilaso de la Vega, a...

Imagem do Inca Garcilaso de la Vega. (Photo credit: Wikipedia)

O Inca Garcilaso nasceu em Cuzco sob o nome de Gómez Suárez de Figueroa em 1539. Era mestiço, filho de um conquistador espanhol, Sebastián Garcilaso de la Vega, e de uma princesa Inca, Palla Chimpu Ocllo (filha de Túpac Huallpa, sobrinha de Huayna Cápac e neta de Túpac Yupanqui). Viveu sua infância junto à família de sua mãe, tendo como língua materna o quechua. Recebeu uma educação tradicional espanhola ao lado dos filhos de Francisco e de Gonzalo Pizarro. Em 1560, aos 21 anos, viaja para a Espanha a fim de reivindicar uma pensão da coroa em função dos serviços prestados pelo pai. A pensão lhe é negada e ele vai morar com seu tio Alonso de Vargas. Em 1563 abandona seu nome de batismo e adota o nome do pai. Neste mesmo ano decide seguir a carreira militar. Depois das mortes de Alonso de Vargas, 1570, e de sua esposa Luisa Ponce, 1586, Garcilaso herdou uma pequena fortuna que lhe permitiu viver uma vida confortável. Em 1590 abandona a carreira militar com o posto de capitão. Passou a frequentar os círculos humanísticos de Sevilla, Montilla e Córdoba. Comentarios Reales de los Incas é publicado em 1609 e a Historia General del Perú em 1617, um ano após sua morte.

Apesar da altíssima qualidade dos escritos do Inca Garcilaso, é preciso levar alguns fatores em consideração ao ler sua obra. Em primeiro lugar, ele foi educado segundo os padrões cristãos espanhóis, o que se reflete em sua análise tanto da civilização Inca assim como dos demais povos andinos e de suas tradições. Se em pleno século XXI, quando arrogamos a imparcialidade da ciência, sabemos que a religião ainda exerce tremenda influência sobre os cientistas, pensem seriamente no impacto da educação cristã numa obra que não se pretendia imparcial. Em segundo lugar, o Inca Garcilaso era mestiço, e assim, sua obra funciona em boa maneira como uma forma de valorizar a si mesmo ao exaltar as qualidades da civilização Inca nos Comentários Reales e as qualidades espanholas na Historia General del Perú. Afora que esta última ainda constitui uma defesa da honra de seu pai, que foi considerado traidor pela coroa espanhola, motivo pelo qual não conseguiu a sua pensão.

Vejamos rapidamente do que tratam os livros mencionados:

COMENTARIOS REALES DE LOS INCAS – Dividido em nove livros, somando um total de 262 capítulos. O livro trata da história dos Incas, desde o seu surgimento até a chegada dos espanhóis; da religiosidade, dos rituais, das festas, dos costumes; dos reinados e das conquistas militares de cada um dos doze Incas; do sistema de pensamento e da organização administrativa do império.

Alguns temas específicos que podem interessar aos leitores do blog. No livro primeiro, pode-se encontrar as lendas sobre o surgimento dos Incas. No livro segundo, pode-se encontrar informações sobre a religião dos Incas e uma explicação para a divisão do Tahuantinsuyu. No livro quinto, explica-se o termo viracocha e porque os Incas chamaram aos espanhóis de viracochas. No livro nono, sobre a profecia que anunciava a queda do império com o décimo segundo Inca.

Historia general del Perú o comentarios reales...

Historia general del Perú. (Photo credit: Cultura Banco de la República)

HISTORIA GENERAL DEL PERÚ – Dividido em oito livros, somando um total de 268 capítulos. Essencialmente, o livro trata da presença espanhola na região andina. Fala da chegada dos espanhóis, do processo da conquista, das guerras civis entre os próprios espanhóis, das medidas administrativas, e dos conflitos com os Incas até a captura e execução de Túpac Amaru.

Alguns dos temas específicos que podem interessar aos leitores. O livro segundo fala da fundação da Ciudad de los Reyes (Lima), da viagem de Diego de Almagro ao Chile, e da guerra civil entre almagristas e pizarristas. No livro quarto, pode-se encontrar informações sobre a instalação da Real Audiencia de Lima e sobre a guerra civil entre realistas e pizarristas. No livro sétimo, sobre a grande rebelião liderada por Francisco Hernándes Girón. No livro oitavo, sobre a captura e execução de Túpac Amaru.

Por fim, gostaria de vos passar os links para as obras do Inca Garcilaso. As obras estão em espanhol relativamente antigo, o que pode dificultar a leitura daqueles que não estão acostumados. Mas, para quem tem interesse no estudo da civilização Inca, realmente vale a pena.

FONTES

Sobre Vinicius Gregory

Sou bacharel e licenciado em história pela Universidade de Brasília (UnB). Hoje trabalho na área de vendas. Represento a Oceanic, uma marca de cosméticos produzidos pela Racco, sediada em Curitiba/PR. A Oceanic oferece boa margem de lucro na revenda de seus produtos e ótimos incentivos na recomendação de novos consumidores e revendedores. Para criar sua conta na Oceanic e passar a consumir ou revender os produtos, basta acessar o link: http://escritorio.oceanic.com.br/u/vgregory

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Página no Facebook

Estatísticas do Blog

  • 85,328 Acessos

Quem sou eu


Sou bacharél e licenciado em história pela Universidade de Brasília (UnB). E agora estou cursando o mestrado, também em história, também na UnB. Desenvolvo minhas pesquisas na área de história da América.

%d blogueiros gostam disto: