//
Você está lendo...
História da América

Bartolomé de las Casas

Seguindo mais ou menos a mesma linha do post sobre a Historia General y Natural de las Indias, a intenção deste post é disponibilizar links para outras fontes históricas importantes sobre os primeiros momentos da presença espanhola na América. Hoje, a minha intenção é deixar alguma coisa sobre Bartolomé de las Casas. Porém, antes de lhes oferecer os links, gostaria de lhes falar um pouco de las Casas e da importância de suas obras para a historiografia.

Aparentemente, Bartolomé de las Casas nasceu em 1484, na cidade de Sevilha. Emigrou para a ilha de Hispaniola em 1502 junto ao seu pai. Tornou-se um hacendado e dono de escravos, participou de expedições militares e de captura de escravos e em 1510 tornou-se o primeiro padre a ser ordenado na América. Mudou radicalmente sua postura em 1515, abandonando seus escravos e sua encomienda e passando a advogar, diante de Carlos V, em favor dos direitos dos nativos. Cerca de dez anos após ter argumentado contra a postura dos dominicanos e a favor das encomiendas, ele entra para a Ordem tornando-se frade. Passou o resto de sua vida lutando em defesa de um tratamento mais justo e humano para os nativos, e eventualmente, em 1542, finalmente conseguiu que fossem aprovadas as Leyes y ordenanças nuevamente hechas por su Magestad para la gobernación de las Indias y buen tratamiento y conservación de los Indios. Morreu em 1566 [1].

As obras de Bartolomé de las Casas tinham por intenção a denúncia da violência e das atrocidades cometidas pelos espanhóis contra os índios naqueles anos iniciais da conquista do Novo Mundo. Sua obra, é verdade, ficou mundialmente conhecida pelas gravuras e ilustrações produzidas por Theodor de Bry (que nunca chegou a vir para a América e, portanto ver com seus olhos as imagens que ele produzia) ainda no século XVI e que ainda hoje são usadas em livros de história a título de exemplo do comportamento espanhol (veja uma das imagens produzidas por De Bry logo abaixo). As obras de Bartolomé de las Casas tiveram uma tremenda influência sobre a escrita da história da América na medida em que deram origem a um tipo de historiografia caracterizado como La Leyenda Negra [2]. Esta historiografia, que teve início já no século XVI, em meio aos conflitos entre católicos e protestantes, persiste até os dias de hoje com uma força considerável.

De Bry

Uma das imagens produzidas por Theodor de Bry.

Por fim, como prometido, links para algumas das obras de Las Casas para quem tiver interesse.
Historia de las Indias (Volume 1)
Historia de las Indias (Volume 2)
Breve relacion de la destruccion de las Indias Occidentales

[1] As informações sobre Bartolomé de las Casas foram retiradas principalmente da wikipédia em inglês: http://en.wikipedia.org/wiki/Bartolom%C3%A9_de_las_Casas.

[2] Para mais informações sobre La Leyenda Negra acesse, também, a wikipédia em inglês: http://en.wikipedia.org/wiki/Leyenda_negra.

About these ads

Sobre Vinicius Gregory

Sou bacharél/licenciado em história pela Universidade de Brasília (UnB). E agora estou cursando o mestrado, também em história, também na UnB.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Estatísticas do Blog

  • 40,793 Acessos

Quem sou eu


Sou bacharél e licenciado em história pela Universidade de Brasília (UnB). E agora estou cursando o mestrado, também em história, também na UnB. Desenvolvo minhas pesquisas na área de história da América.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 326 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: