//
Você está lendo...
História da América, Incas

Sobre a origem dos Incas

A origem dos incas é estimada em aproximadamente 1200 d.C.. Descendiam de um grupo étnico que habitava o vale de Cuzco. De acordo com as lendas, a cidade de Cuzco foi fundada pelo primeiro governante, Manco Capac. Há duas versões míticas para o aparecimento de Manco Capac: uma diz que ele emergiu de uma de três cavernas em Paccaritambo; outra, que ele apareceu em uma ilha no Lago Titicaca. Ainda segundo as lendas, Manco cravou um bastão de ouro na região de Cuzco e a terra engoliu o bastão, significando assim que a oferenda fora aceita e que a cidade estava fundada. As antigas histórias estabeleciam que os Incas, como filhos de Inti, deus Sol, tinham o encargo de educar e domesticar as tribos selvagens que viessem a encontrar. A palavra “inca”, entretanto, só veio a aparecer nas narrativas orais a partir do sexto governante, que adotou o título de Sapa Inca; e, como civilização, os incas permaneceram inexpressivos por cerca de duzentos anos até que o nono governante, Pachacuti, finalmente deu início à fantástica expansão territorial.

Eis algumas poucas informações sobre a origem dos Incas. Muitos são os aspectos que chamam a atenção, como, por exemplo, o fato de os Incas serem uma civilização relativamente recente quando da chegada dos espanhóis ou o impacto tremendo que sua expansão teve no mundo andino. Mas o que me atiça a curiosidade são essas lendas e mitos. Onde estão registrados? Quem os registrou? Foi um inca? Um espanhol? Quando? Em que circunstâncias? Seria fantástico se eu conseguisse ter acesso a estas fontes.

POST SCRIPTUM

Em resposta ao comentário do Lourenço, fiquei de verificar o livro de onde tirei as informações para ver se a expressão usada foi mesmo “engoliu”. Segue abaixo o trecho no original:

According to the legends still learned by the Peruvian schoolchildren, the founder of Cuzco was Manco Capac, the first ruler. He and his people, as one myth has it, emerged from one of three caves at Paccaritambo, 18 miles to the southwest. Other myths have Manco appearing on an island in lake Titicaca, much farther south. At Cuzco, say the legends, Manco plunged a golden staff into the ground where the glittering Coricancha would rise. The fertile earth swallowed the rod, thus signifying its acceptance.

Como o próprio Lourenço veio a comentar, os Incas não possuíam escrita, de modo que a transmissão das lendas se deu de forma oral. Creio que todos já ouviram o velho adágio “quem conta um conto, aumenta um ponto”. Seria o caso de que, não havendo um registro escrito que torne as lendas “imutáveis”, cada contador possui a liberdade de narrar como quiser (dentro de um limite do razoável, evidentemente). Portando, há a possibilidade de inúmeras versões da lenda do surgimento dos Incas.

Voltando ao assunto, Lourenço comentou que o bastão apenas entrou com facilidade. Eu respondi que achava que o livro tinha usado a expressão “engolido”. No caso, como visto na transcrição literal em inglês, acima, o livro usou a expressão swallowed, que literalmente significa engolir. Daí a minha tradução. Mas também pode ser que Lourenço esteja certo. Em meio às tantas traduções (da língua nativa para o espanhol, do espanhol para o inglês, e, finalmente, do inglês para o português) é muitíssimo provável que algumas distorções tenham surgido.

De qualquer forma, fica aí o trecho original do livro. =)

O trecho foi retirado de:

INCAS: Lords of gold and glory. Alexandria: Time-Life Books, 1992, p. 52.

About these ads

Sobre Vinicius Gregory

Sou bacharél/licenciado em história pela Universidade de Brasília (UnB). E agora estou cursando o mestrado, também em história, também na UnB.

Discussão

6 comentários sobre “Sobre a origem dos Incas

  1. me ajudou muito no trabalho da escola!!!

    Publicado por guilherme | 18 de outubro de 2012, 12:52
  2. Muito Bom Esse Resumo..Me Ajudou Muito a Tirar Notas Boa Em Historia..Obrigado!

    Publicado por bruno luis de oliveira varola | 19 de março de 2013, 10:21
  3. a lenda diz que o cajado de ouro que pertencia a Manco Capac so entrou com facilidade na terra.. mas nao que foi completamente engolido..

    Publicado por lourenço | 22 de abril de 2013, 14:04
    • Se eu não me engano, o livro de onde tirei estas informações sobre os incas dizia que o cajado foi engolido. No entanto, lendas pertencem ao que chamamos de Tradição Oral e, portanto, estão sujeitas a inúmeras possíveis versões. Assim é o caso da história da Chapeuzinho Vermelho, por exemplo, cujas versões registradas passam das 100 (Cf. Robert Darnton – “O grande massacre de gatos…”, Capítulo 1).

      Mas, de fato, foi uma falha minha não ter colocado nesta publicação a referência bibliográfica pra quem quiser tirar a limpo. Assim que tiver tempo eu procuro o livro na BCE/UnB, confiro a informação sobre o cajado e disponibilizo a referência bibliográfica.

      =)

      Publicado por Vinicius Gregory | 22 de abril de 2013, 18:01
      • Ah sim, havia esquecido que nao há nada escrito na cultura dos Incas como em outras civilizações (ex. Os Maias)… e todas as historias são passadas oralmente e com isso a historia pode ser modificada com o tempo… mesmo assim agradeço a informção e a atenção :)

        Publicado por lourenço | 23 de abril de 2013, 15:24
  4. Me ajudara muito pois meu professor passou um trabalho sobre essa materia mais ainda nao esxplicou

    Publicado por Ellen | 2 de setembro de 2013, 13:05

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Estatísticas do Blog

  • 36,028 Acessos

Quem sou eu


Sou bacharél e licenciado em história pela Universidade de Brasília (UnB). E agora estou cursando o mestrado, também em história, também na UnB. Desenvolvo minhas pesquisas na área de história da América.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 326 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: